Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
Friday, 19 February 2016 07:19

Cinco dicas para ter boa visão depois dos 60 anos

Cinco dicas para ter boa visão depois dos 60 anos
Com o aumento na expectativa de vida, é cada vez mais importante envelhecer com saúde. Como as mulheres têm mais chances de desenvolver algumas doenças oculares do que os homens, como glaucoma e catarata.

O oftalmologista Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos diz que é importante seguir uma rotina de cuidados – já que ninguém quer passar pela experiência de não conseguir reconhecer rostos, ler, fazer compras ou dirigir. O médico revela cinco dicas para preservar a saúde ocular:

1. Prefira alimentos bem coloridos. “Toda refeição saudável deve incluir frutas, legumes e verduras frescas. A ideia é aumentar a ingestão de vitaminas, minerais, proteínas saudáveis, ômega-3 e luteína, já que os alimentos antioxidantes oferecem grandes benefícios à saúde ocular, retardando doenças como catarata, degeneração macular, olho seco e tantas outras. Frutas de várias cores e verduras de tonalidade verde-escuro contêm antioxidantes que protegem os olhos, reduzindo os danos provocados pelos radicais livres. Ovos, milho verde, mamão, laranja e kiwi também contêm luteína – substância fundamental no combate à degeneração macular relacionada à idade. Cenoura e abóbora também são ricas em vitamina A e contêm muita vitamina C – o que é excelente para a visão”;

2. Evite quedas. “Depois dos 60 anos, quase metade de todos os incidentes envolvendo os olhos ocorre em casa, durante atividades domésticas, prática de hobbies e pequenos consertos. Uma boa iniciativa é usar óculos de proteção. Mas também é importante que a pessoa avalie e corrija tudo o que apresenta risco de queda, como tapetes que deslizam facilmente, pisos muito encerados, falta de iluminação entre o quarto e o banheiro, degraus muito íngremes e falta de corrimão nas escadas. Em casos mais graves, uma queda pode levar ao descolamento da retina e à perda de visão do olho afetado”;

3. Mantenha a saúde em dia. “Doenças como pressão alta e diabetes costumam afetar bastante a saúde ocular. Sendo assim, não só a pessoa deve procurar um médico com urgência caso comece a enxergar tudo fora de foco e meio borrado (porque pode descobrir que tem algum desses problemas), como deve fazer um acompanhamento oftalmológico regular caso já esteja em tratamento. O oftalmologista inclusive deve estar a par de todos os medicamentos de uso contínuo, já que determinadas substâncias presentes em medicamentos e suplementos nutricionais podem impactar a visão”;

4. Combata o sedentarismo. “Há quem acredite que lugar de idoso seja em casa, em ‘aparente’ segurança. Mas isso não é verdade para a maioria das pessoas que já passou dos 60 anos e tem saúde e disposição para viver mais 20 ou 30 anos pela frente. A prática de exercícios físicos já se provou benéfica em todos os sentidos e deve ser incentivada. Afinal, também os olhos se beneficiam quando a pessoa melhora a oxigenação e a circulação sanguínea. Além disso, a atividade física contribui para manter o peso sob controle – evitando doenças que têm grande impacto sobre a saúde ocular, como o diabetes. O único cuidado que se deve tomar durante caminhadas e práticas esportivas é, novamente, usar óculos de sol ou de proteção”;

5. Durma bem. “Muitos idosos se queixam de dormir mal. Existem alguns, inclusive, que sofrem de insônia à noite, mas dormem no sofá durante o dia. Seja como for, é importante garantir entre sete e oito horas de sono todos os dias. Quando estamos de olhos fechados, dormindo, os olhos são continuamente lubrificados e ficam livres de agressões, como poluição, poeira, fumaça de cigarro e outros tantos agentes que irritam a vista. Se mesmo dormindo bem a pessoa sentir como se houvesse grãos de areia incomodando os olhos, é hora de procurar um oftalmologista e checar se não está sofrendo da Síndrome do Olho Seco, muito comum na terceira idade – principalmente em pacientes do sexo feminino”.

Add comment


Enlaces