Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
sexta, 17 julho 2015 12:58

Eid al-Fitr, recompensa à devoção e paciência

Eid al-Fitr, recompensa à devoção e paciência
O Imam Ali (S.A) disse: "Eid é para aqueles cujos jejuns foram aceites por Deus, e cujo culto foi apreciado por Deus. Cada dia que não desobedeçam a Deus é um dia de Eid".

 

Vem a brisa Eid al-Fitr e  a alma dos devotos está em um dilema, entre a alegria de Eid Fitr e tristeza do fim do Ramadã.

O EId-al-Fitr está relacionado com o mês sagrado do Ramadão. Isto significa o fim do mês de jejum. Neste dia de Eid al-Fitr, expressamos os nossos desejos sinceros de felicidade para toda a Comunidade Islâmica, em qualquer parte do mundo.

Dizemos adeus ao mês abençoado, aos seus dias e às suas noites belas, espirituais e perfumadas. Deixamos o mês de buscar proximidade com o Deus o Misericordioso, esperando termos recarregado as nossas baterias espirituais.

O Eid-al-Fitr é um festival único. Não tem nenhuma conexão com qualquer evento histórico, nem está relacionado com a mudança das estações ou ciclos da agricultura. Não é um festival relacionado de alguma forma com assuntos mundanos. O seu significado é puramente espiritual. Este é o dia em que os muçulmanos agradecem a Deus por lhes ter dado a vontade, força e resistência para observar e obedecer rapidamente ao seu comando durante o mês sagrado do Ramadão, sendo alegre por terem concluído, os fieis  com sucesso uma tarefa importante.

A festa do Fitr é a recompensa de Deus para os jejuados durante o mês sagrado do Ramadã. Neste mês, os homens devem tentar acumular o seu verdadeiro conhecimento sobre Allah, fazer atos de caridade aos necessitados, renovar as suas crenças para com o seu Senhor, e, portanto, será uma fonte de unidade e solidariedade para todos os muçulmanos em todo o mundo.

Eid al-Fitr é uma das partes mais puras porque é a recompensa de um mês de adoração e purificação da alma na corrente clara do Ramadã.  O mês de Ramadã, com a sua amanhecer e avanços e noites de jejum e de destino e adoração tem causado uma mudança nos que jejuaram. Sim, escuta o coração, a paz e as bênçãos de Deus e seus anjos que chamam os devotos, sim, a brisa veio a este festival do Eid e a fragrância de recompensa divina, torna-se primavera a alma dos devotos do Ramadã. 

Na cultura islâmica, o primeiro dia do mês de Shawal, é como o Eid al-Fitr e é determinado como o retorno à natureza intata, os  muçulmanos durante o mês do Ramadão, aqueles que adoram a Deus alcançaram o perdão dos pecados internos e externos e voltaram à sua natureza real. Hazrate Ali (que a paz esteja com ele) em um dos Eid al-Fitr, leu um sermão em que ele promete aos devotos assim: “Ó povo! Este é um dia em que os benevolentes são recompensados enquanto os perdedores e os criminosos estão decepcionados, e esta situação é muito semelhante ao Dia da Ressurreição. Bem, sair de casa e caminhar até o local de oração de Eid al-Fitr, lembre-se fora da sepultura para ir o encontro do  Senhor, de pé no lugar de oração, ele se lembra de estar diante do Senhor, e a de regresso à casa é como ir para o paraíso. Oh! devotos de Deus, o pouco que tem sido dado a mulheres e homens que estavam em jejum é que um anjo no último dia do Ramadã, disse: Eu juro que os seus pecados foram perdoados por pensar sobre seu futuro. O excelente professor de moral e místico islâmico Agha Mirza Javad Maleki Tabrizi, no Eid Fitr disse: “Eid al-Fitr é o dia que Deus escolheu como um dom especial e recompense aos fieis que tem permitido aos devotos se encontrar com o Deus e sentar-se em torno da sua mesa de bênção e realizar suas orações e só se declarar, para pedir perdão por seus pecados, e contar as suas necessidades e apresentar os seus desejos. Deus também prometeu que irá atender às suas necessidades”. 
Nas palavras de Ahlul-Beit (lideres religiosas) se ressaltaram  que o dia do al-Fitr é o dia para receber recompensas, pois, hoje, temos que rezar muito e lembrar de Deus, não desperdiçando o tempo e implorar ao Senhor benevolência no outro mundo.
Mas o benefício do dia muçulmano do al-Fitr não é uniforme e a mesma coisa. Porque todo mundo vai usufruir de tanta sabedoria, fé e esforço exercido durante o mês de Ramadã. O caso de sabedoria, fé, como agir neste mês bondade e as intenções das pessoas é eficaz para o seu nível de utilização de recompensas divinas. O jejum busca proximidade com Deus e gerar o espírito piedoso em seres humanos. O jejum neste mês de  revelação da Palavra de Deus e purificado em preparação para a noite do decreto e a esperança de perdão. O jejum neste mês renova o espírito que dá anualmente recompensa cheia de misericórdia de Deus, que faz parte do padrão islâmico ideal.

O grande místico Maleki Tabrizi disse: "Eid é o dia que o Senhor nos deu mais um dia para recolher o prêmio que alocou aos Seus servos ". Assim, ele descreveu os casos dos jejuados: Algumas pessoas ignorando o mês do Ramadã, assim como outros meses vivendo em pecado, dizer mentiras, se envolver em calúnias e machucar as pessoas, mas com esta hábito, eles entram no Eid Fitr. É possível que este grupo só por respeito a Eid Fitr ou alguns atos benevolentes, alcançam pela graça de Deus a perdão ou é possível que a maldade das suas ações vai se afastar da bênção divina e juntar aos perdedores.  Outros grupo tem uma situação melhor. Considere o jejum como uma tarefa e apenas evitar comer e beber, mas eles não mantiveram o corpo longe dos pecados de mentiras e falsas acusações e incomodar as pessoas, por estes atos, se destroem a sua recompensa. No entanto, eles acreditam que com certeza que seguir as ordens de Deus e não pedir o Todo-Poderoso. No entanto, eles sabem que seus pecados e ignorância se envergonharam antes dos outros, e seu jejum não é aceito por Deus. Mas essas pessoas, se o dia do Fitr esperar a bênção de seu Senhor e dia do Fitr, orando e pedindo o perdão de seu Senhor, talvez, Deus vai perdoar e em virtude dá algumas recompensas. Ele, em seguida, diz que outro grupo de pessoas estão cientes de que o Ramadã é um favor de Deus e, portanto, seu jejum não está pagando uma dívida para com o seu Senhor também sabe que um jejum completo é quando o jejuado seja piedoso. Portanto, tome cuidado de seus órgãos do corpo, mas às vezes comete um pecado. Eles com dificuldade, mas não quero praticar os atos que não são necessários. Mas também cometer maldades, e com medo, vergonha e esperança, eles entram no Eid Fitr. Deus, a este grupo de devotos, promete recompensas e mudando seus pecados por boas ações para a sua dignidade e virtude, Deus dá recompensas para o seu culto ainda mais elevados do que eles esperam. Mas outro grupo de devotos de Deus neste mês eles aceitaram o chamado de Deus e têm se esforçado para respeitar a ordem divina e, para a satisfação de seu Senhor, são todos os comandos divinos como caridade e piedade e rezar muito, enquanto suas almas estão com medo de sua consciência curto e dar graças a Deus por permitir-lhes a sua abordagem e adoração. Deus misericordioso também aceitou o seu serviço e agradece-los com dignidade e com diferentes bênçãos dadas a sua recompensa e abre o caminho de orientação para eles e se junta a seus amigos eleito. Entre eles estão o melhor grupo de pessoas que a doçura do convite de Deus neste mês, supera as dificuldades de fome e noites sem dormir para orar e agradecer apaixonadamente, mesmo com alegria, eles são sérios em seu caminho para o Senhor, e juntar-se ao Senhor. Deus aceitou os bondosos e já se aproximou deles, coloca-os em uma "verdadeira posição" entre seus amigos e eleitos, e enche-los cheios da beleza da luz, alegria e felicidade que ninguém pode imaginar, nenhum olho pode ver nem ninguém descrevê-lo. Sim, Ramadã chegou ao fim e os muçulmanos, na escola do Ramadã, têm favorecido os versículos do Alcorão e da oração, reforçaram a sua vontade e auto-estima. Eles agora celebram neste sentido difícil do grande Jihad, serem firmes para avançar para seus passos de destino. Realmente, o que é mais doce, e o que é mais gloriosa vitória, é voltar a si, triunfando a alma rebelde. Em última análise, esperamos bondade e dignidade divina e sussurrar uma parte da oração do Fitr e Eid: 

“Ó Deus nosso, a Vós unicamente pertence o orgulho, a glória, a excelência, a onipotência, Vós que garantis o perdão e a misericórdia, Vós sois o Santo, o Perdoador, Peço-Vos em nome deste dia que determinastes como um dia de alegria para os muçulmanos, Uma ocasião para Mohammad planejar e fortalecer-se, Abençoe Mohammad e seu Ahlul Bait, Mohammad , Introduza-me para todo o bem que foi feito para Mohammad e seu Ahlul Bait, Mohammad, Educai-me para manter-me a salvo de todo o mal, como fizestes com Mohammad e seu Ahlul Bait, Abençoe ele e seu Ahlul Bait, Ó Deus nosso, peço-Vos para dar-me o bem que Teu servos piedosos pedem, e refugio-me em Ti daquilo que Vossos servos piedosos têm se refugiado”.

 

Add comment


Security code
Refresh

Enlaces