Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
Thursday, 21 January 2016 10:02

O Especial pelo falecimento da Hazrate Fatima Masumah

O Especial pelo falecimento da Hazrate Fatima Masumah
Neste artigo conhecemos as virtudes da Hazrat Fatima Masumah (a paz seja com ela).

Na família do profeta do Islã nasceram e cresceram personalidades que sempre brilham como estrelas no céu por suas virtudes. Deus através destas pessoas tem mostrado o caminho da perfeição e a felicidade aos fieis e piedosos.

Uma destas estrelas é a filha do Imam Musa Al-Kazim (a paz seja com ele) e irmã de Imam Reza (a paz seja com ele). A Fatemeh bint Musa (Masumah) é uma dama com elevada devoção, virtude, castidade, bem como a fonte de sabedoria e pureza de alma. Sua devoção e cortesia embelezaram a sua alma. Hoje comemoramos o aniversário do falecimento desta apreciada senhora da Família do profeta do Islã (P.E.C. E).

O tempo da vida de Hazrate Masumah era considerado como momentos muito difíceis para os amigos e seguidores da família do profeta do Islã. Os califas Abbasi tinham imposto repressão e sob pressão e um ambiente sufocado que ninguém se atrevia de divulgar a tradição da família do profeta e as relações sociais dos seus seguidores eram muito limitadas e ninguém se atrevia a aproximar-se deles e estabelecer relações com eles. Harrune Arraxide, o quinto califa abássida durante muitos anos tinha encarcerado o Imam Musa Al Kazem, o sétimo guia e líder xiita.

Hazrate Masumah nasceu no primeiro dia do mês de Zighadeh no ano 173 Hégria lunar, na cidade de Medina. Naquele tempo, Imam Reza (a paz seja com ele), o seu irmão tinha 25 anos, e há muito tempo esperava o nascimento de uma irmã que o seu avô imam As-Sadiq (a paz seja com ele) lhe tinha anunciado. Este grande dama, cresceu em um lugar onde os pais e as crianças foram embelezadas com virtudes morais. Oração e piedade, justiça e honestidade, paciência e perseverança contra a adversidade, generosidade e virtude, e a adoração ao Deus, são as características marcantes desta família. O seu irmão, Imam Reza lhe deu o título de "Masumah" que significa “imaculada”, que é livre de qualquer impureza.

De fato, esta senhora virtuosa é conhecida por vários atributos que os sábios e os estudiosos têm dito sobre ela. Ela é também conhecida por: Tahira (pura), Hamida (elogiada), Birra (justa),Rashida (madura), Taqiya (piedosa), Naqiya (pura), Radiya (feliz), Mardiyah (aquela a quem Deus tem o prazer), Sayyida (Senhora), Siddiqa (honesta), Ukht al-Reza (irmã de Reza).

Dizem-se, quando um dos narradores de Hadith, na cidade iraniana de Qom, chamado “Saad Ibn Saad” veio para visitar o Imam Reza, o oitavo imam xiita disse-lhe: “Oh Saad”! o tumulo de um dos membros da nossa Família fica na sua cidade. Saad disse que se refere a mausoléu de Fatima, a filha de Musa Ibn Jafar? Imam Reza respondeu: Sim e acrescentou: Estará no paraíso quem visitar minha irmã na Qom.

De acordo com fontes de xiitas, os filhos de Musa al-Kadhim, nenhum dos filhos de Kazim, após Ali ibn Musa al-Riza, na ciência e na virtude eram semelhante à Fátima Masumah.

Foi narrado sobre seu conhecimento de Masumah, que um dia, os xiitas de Medina para fazer perguntas de Musa al-Kazem vieram para Medina, mas ele tinha saído de Medina, porem, eles deixaram as perguntas com a sua filha, a Fátima Masumah, e ela respondeu às suas perguntas no papel. Quando os xiitas queria voltar para Medina, eles encontraram o Imam Musa al-Kazem e lhes perguntou se as respostas da sua filha, Masumah estavam corretas ou não. Eles responderam que "sim". As respostas do Hazrate Masumah foram muitas completas e convincentes. Então o pai repetiu três vezes esta frase : "Que o seu pai esteja sacrificado por ti ".

Hazrat Masumah foi formado e crescido com dois imames. Primeiro seu grande pai, o imam Musa Al Kazem e depois seu irmão, o Imam Reza. Tinha um carinho e amabilidade especial entre estes irmãos. Fátima Masumah, foi para o Irã no ano 201 AH. É narrado que depois que ela recebeu uma carta de seu irmão estava preparado para esta viagem longa. Masumah foi para o Irã acompanhado por uma caravana de parentes. Mas depois de chegar a cidade Saweh ficou doente. Em Saweh ele perguntou como é a distância até Qom. Alguém respondeu; é perto. Ela pediu que a levassem á Qom, porque a cidade de Qom foi o centro de xiita.

Os filhos de Saad Ashari, que eram xiitas levaram a Irmã de Ali Ibn Musa al-Riza, para a sua casa em Qom. E Fátima Masumah Qom foi bem recebido pelo povo, e foi para a casa de Saad ibn Musa ibn Khazraj Ashari.

Fátima Masumah, após 17 dias, aos 28 anos faleceu em 10 ou 12 Rabi 'al-Thani a 201 AH (7ou 9 de novembro de 816), e foi sepultado no jardim Babolan, onde está o seu santuário nesta cidade e recebe muitos peregrinos.

O Imam Reza disse: “Quem visita o tumulo da minha irmã em Qom é como se me tivesse visitado”.

Os eruditos e os teólogos reconhecem a alta posição cientifica e sabedoria de Hazrate Masumah. Molasadra, o grande filósofo do mundo do Islã, nos últimos anos de sua vida vivia numa aldeia perto da cidade de Qom. Ele conta que: “quando tinha problemas em filosofia e não podia o solucionar, caminhava de minha aldeia Kahak para Qom para visitar o tumulo de Hazrate Masumah e lhe pedia ajudas. Com este ato solucionava o problema e depois voltava a minha casa”.

Assim mesmo, aitolá Shahab Al Din Maraashi Najafi, o grande jurisprudente islâmico xiita durante os 60 anos que morava em Qom, todas as madrugadas visitava primeiro o tumulo de Hazrat Masumah. Ao longo do ano, sejam noites frias do inverno ou as noites calorosas de verão, ante das orações de manhã esperava ao portão do mausoléu para que quando abrir fosse o primeiro a visitar o Hazrate Masumah. Allame Seyed Mohammad Hossein Tabatabi no por do sol no mês de Ramadan visitava o mausoléu de Hazrate Masumah e lá que quebrava o jejum. Tais comportamentos mostram a alta posição científica e religiosa de Hazrate Fatima Masumah entre os grandes ilustre personalidades religiosas.

A emigração de Hazrate Masumah a Qom é um ponto culminante na história religiosa e cultural desta cidade. Após sua viagem a Qom, esta cidade se tornou num dos centros importantes de ciência e espiritualidade no mundo do Islã. Muitos sábios e teólogos islâmicos emigraram para esta cidade e conseguiram altos graus da ciência e conhecimento graças à atenção de Hazrate Masumah.

A Família do profeta do Islã são luzes que guiam às pessoas e Deus tem alumiado o céu da humanidade com estas luzes. Eles são sinais que orientam os filhos de Adão à perfeição e encontrar o caminho de chegar ao seu paraíso perdido.

Add comment


Security code
Refresh

Enlaces