Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
Saturday, 16 May 2015 12:08

Aiatolá Khamenei: Irã apoia nações oprimidas

Aiatolá Khamenei: Irã apoia nações oprimidas
O Líder da Revolução Islâmica, o aiatolá Seyed Ali Khamenei, no sábado expressou o apoio total do Irã às nações oprimidas do mundo, especialmente o povo do Iêmen, Bahrein e na Palestina.

 

 

"O povo do Iêmen, Bahrein e Palestina são nações oprimidas; vamos apoiar os oprimidos até que pudermos”, disse o aiatolá Khamenei, recebendo várias autoridades iranianas e um grupo de embaixadores de países islâmicos.

Ao denunciar a ignorância daqueles que atacam o povo do Iêmen, disse o líder supremo iraniano que alguns países da região, que foram à causa da insegurança e derramamento de sangue prevalecente no Iêmen, estão engados.

"As pessoas e os líderes dos países islâmicos devem saber que nós podemos resolver esta ignorância”, Aiatolá Khamenei afirmou durante o seu discurso por ocasião da grande festa de Mabaas -dia da profecia do Profeta do Islã, Hazrate Mohammad (que a paz esteja com ele) como o último profeta divino.

EUA retornar a região insegura, se ele favorece seus interesses.

Ao defender as medidas para garantir a segurança do Golfo Pérsico, também o Comandante em Chefe das Forças Armadas sublinhou que  "nós somos vizinhos, a segurança do  Golfo Pérsico favorece a tudo, se não tiver atenção, vai ser perigoso para todos.”.

Neste sentido, ele observou que as nações da região têm a responsabilidade de manter a segurança no Golfo Pérsico, alegando que  "Os Estados Unidos cuidam de seus próprios interesses, transformando a região insegura.”.

"Os EUA são o designer e patrocinador do terrorismo”, enquanto  o "o Irã luta contra terrorismo (...) e continuará".

“““ “““ Referindo-se ao aumento do despertar islâmico na região, o aiatolá Khamenei, alertou:  ” Não subestime a grande força da nação islâmica”, especialmente porque  ” não se pode suprimir o despertar”.

EUA criando inimigos fictícios

“Os países devem denunciar as políticas hegemônicas dos EUA que estão criando inimigos fictícios, causando temores entre as nações”, o aiatolá Khamenei incitou que a região deve estar ciente de tais medidas.

“Eles se esforçam para manter o inimigo principal, ou seja, a hegemonia, suas afiliadas e sionistas; e fazendo os países islâmicos contra os outros. É por isso que devemos se levantar contra estas políticas de ignorância moderna”, disse o Guia iraniano.

Observando potências regionais impostas guerras por procuração pela hegemonia na região, o aiatolá Khamenei sublinhou que “eles cuidam de seus próprios interesses, eles procuram encher os bolsos dos fabricantes de armas”.

Add comment


Security code
Refresh

Enlaces