Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
segunda, 29 fevereiro 2016 05:02

líder supremo agradeceu o povo pela sua participação maciça nas eleições

líder supremo agradeceu o povo pela sua participação maciça nas eleições
O Líder da Revolução Islâmica do Irã, o aiatolá Seyed Ali Khamenei agradeceu a nação iraniana pela sua participação massiva nas recentes eleições no país.

Através de uma mensagem divulgada no domingo, o líder da Revolução Islâmica do Irã agradeceu ao povo “consciente e corajoso”, cuja participação foi trazida à luz "a imagem brilhante da democracia religiosa" para todos.

"Eu considero que devo expressar a minha gratidão (o povo iraniano) para reconhecer o apelo feito pelo sistema Islâmico (do país)", disse o aiatolá Khamenei. Na sexta-feira, pelo menos 33 milhões de 55 milhões eleitores iranianos aptos a votar participaram das eleições para eleger os membros do decimo Parlamento e da quinta Assembleia dos Peritos, um órgão que elege o líder da Revolução Irã islâmico, além de supervisionar suas atividades.

De acordo com os resultados preliminares da contagem dos votos para a Assembleia dos Peritos, na província de Teerã (capital), o atual presidente do Conselho de Discernimento do Sistema, Ali Akbar Hashemi Rafsanjani, lidera a corrida. Os mesmos resultados colocam o presidente do país, Hassan Rouhani, em terceiro lugar.

Além disso, os últimos resultados das eleições mostram que a lista de esperança que reúne os moderados e reformistas, já tem os 30 lugares pertencentes à circunscrição de Teerã. Em outras províncias são conservadores, que estão quase no topo da lista. Pouco depois de anunciar os resultados finais, o aiatolá Khamenei exortou os candidatos eleitos para adoptar "simplicidade, honestidade" e assistência constante para "posição de responsabilidade" e que priorizam “os interesses nacionais acima das exigências pessoais ou partidários”.

"Estes momentos delicados exigem vigilância, consciência e determinação séria de todas as pessoas e, particularmente, as autoridades", enfatizou o líder que também pediu uma resistência cavalheiresca dos candidatos eleitos a qualquer interferência estrangeira.

Para aiatolá Khamenei o desenvolvimento do país é considerado "o objetivo principal" a ser perseguido pelos representantes do povo iraniano, no entanto, advertiu um mero desenvolvimento de superficial que "não inclui a independência e autoestima nacional é inadmissível".

Falando pouco depois de depositar seu voto, o Líder da Revolução Islâmica disse sexta-feira que "a participação maciça do povo para esta eleição decepcionaria os inimigos do Irã”.

Add comment


Security code
Refresh

Enlaces