Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
Monday, 13 July 2015 07:41

Serviços médicos suspendido em 11 províncias do Iêmen

Serviços médicos suspendido em 11 províncias do Iêmen
Os serviços médicos e sanitários suspenderam em 11 províncias do Iêmen devido ao bloqueio e a continuação de ataques saudíes contra o país árabe mais pobre do mundo.

 

 

“Actualmente, os serviços médicos na províncias de Adén, Lahij, Saada, Taiz, Hajjah, Ad Dali, Abyan, al-Bayda, Shabwah, Mareb e Yuf estão suspendidos”, afirma um servidor público do Ministério iêmenita de Saúde Pública, citado nesta segunda-feira pela agência estatal Saba News.

Isto se produz, segundo a fonte, devido à falta de equipas e medicamentos bem como o reduzido número do pessoal médico, enfermeiros e técnicos, na sua maioria tinham saído do país depois do começo dos bombardeios de Riad.

A autoridade iêmenita ao fazer referência à crise sanitária nas  zonas supracitadas, soliciou  a todas as organizações e instituições humanitárias no mundo a atuar de forma imediata para salvar a vida de milhões de pessoas.

A Arábia Saudita, com a luz verde dos EUA., iniciou no 26 de março ataques aéreos contra o Iêmen numa tentativa por debilitar os grupos revolucionários do país árabe e apoiar o ex-presidente fugitivo Abdu Rabu Mansur Hadi, o  aliado de Riad.

Add comment


Security code
Refresh

Enlaces