Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
Secretário de Estado, John Kerry, afirmou que seu país não tem a intenção de mudar o governo da Síria.
Publicado em Oriente Médio
O presidente dos EUA e o primeiro-ministro britânico tiveram  uma conversa telefônica em que se discutiram possíveis formas de intensificar ataques contra grupo Daesh no Iraque e na Síria.
Publicado em Mundo
O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan disse que vai renunciar se for provado que o governo turco tinha comprado o petróleo do grupo terrorista de Daesh.
Publicado em Oriente Médio
Um deputado iraquiano denunciou que o território da Turquia serve ao grupo terrorista Daesh para facilitar o trânsito de seus membros para outros lugares.
Publicado em Oriente Médio
Especialistas dizem que o "Daesh" pode infiltrar terroristas entre os refugiados, mas afirmam que o verdadeiro perigo está nos islamistas europeus que se radicalizaram no Oriente Médio.
Publicado em Mundo
Aviação russa destruiu três instalações de petróleo do grupo terrorista Daesh, na Síria.
Publicado em Oriente Médio
sexta, 20 novembro 2015 01:40

Quem está por trás do “Daesh”?

Conheça a trajetória do movimento que pretende criar um estado fundamentalista.
Publicado em Artigos
O ministro das Relações Exteriores da Síria, Walid Al-Moallem disse no domingo que o fim do terrorismo garantirá a estabilidade e a paz no mundo. 
Publicado em Oriente Médio
Obama e Putin concordam com necessidade de cessar-fogo na Síria O presidente norte-americano teria mencionado a importância de que a Rússia concentre seus esforços militares na Síria no grupo de Daesh Os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, e da Rússia, Vladimir Putin, concordaram com a necessidade de uma transição política liderada pela Síria que inclua negociações mediadas pela Organização das Nações Unidas (ONU), durante conversas que tiveram durante a cúpula do G20 neste domingo (15), informou uma autoridade da Casa Branca.  Em conversa de 35 minutos nos bastidores da reunião do G20 na Turquia, os dois líderes discutiram os esforços para encontrar uma solução para o conflito, algo que se tornou mais proeminente por conta dos ataques em Paris na sexta, que deixaram 129 mortos.  Obama elogiou os esforços de todos os países para combater o Estado Islâmico, notando a importância dos esforços militares russos na Síria focados no enfrentamento desse grupo, acrescentou a autoridade.  Uma transição política na Síria, que a Rússia estima que duraria 18 meses, deve vir precedida por negociações mediadas pela ONU entre a oposição e o regime do presidente sírio, Bashar al Assad, assim como um cessar-fogo.  Os principais aliados e opositores internacionais do regime sírio tentam há várias semanas aproximaram suas posições para iniciar um processo de paz nesse país.  Pela primeira vez se reuniram nas últimas semanas os ministros das Relações Exteriores de todos países envolvidos de alguma forma nesse conflito, incluindo a Arábia Saudita, aliado da oposição síria, e o Irã, principal aliado de Damasco.  No centro dos debates segue estando o futuro de Assad, pois enquanto o bloco ocidental (no qual se inclui a Arábia Saudita) exige que abandone o poder, Rússia e Irã sustentam que deve ser mantido, mas não de forma indefinida.
Publicado em Mundo
Fontes de inteligência russos dizem que o grupo terrorista Daesh) tem cerca de 80.000 membros.  Conforme relatado na quinta-feira, o site de notícias os EUA , IB Times, o serviço de inteligência russo estima que existam cerca de 30.000 membros da Daesh no Iraque e outros 50.000 na Síria no momento.
Publicado em Oriente Médio
Pág. 1 de 7

Enlaces