Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
Tuesday, 24 February 2015 22:18

Reunião ministral dos países membros de Movimento Não-alinhados

Reunião ministral dos países membros de Movimento Não-alinhados
Hoje ninguem  pode afirmar que o programa nuclear do Irã não é pacífica, disse o Presidente da República.

 

 

O Presidente Hasan Rouhani falou  na abertura da Conferência dos Ministros de Ciência, Tecnologia e Inovação dos países de Movimento Não-alinhados qustionando que hoje não pode reivindicar que o programa nuclear do Irã não é pacífico.

 

Hojatoleslam Rouhani, na reunião dos Ministros da Ciência e Tecnologia e Inovação, do Movimento Não-alinhados em Teerã disse que este movimento é uma estrutura adequada para cooperação entre os membros e ao mesmo tempo com os países desenvolvidos e pioneiros na tecnologia, em que tentará através do desenvolvimento e uso de tecnologia reduzir as lacunhas entre as comunidades e melhorar o ambiente de convivência humana.

Presidente considerou a ciência como património comum da humanidade e enfatizou: “não se pode traçar fornteira para o progresso tecnológco; a sua expansão e enaltecimento no mundo também não recinhece fronteiras gerograficas; bem como não existe limites para aprendizagem do conhecimento”.

Ele salientou que o acesso à ciência e tecnologia é um direito humano fundamental e os benefícios decorrentes do desenvolvimento não têm fronteira também.

O presidemte periódico do Movimento Não–alinhado ao recordar o seu discurso em 2013 na Assembleia Geral das Nações Unidas e aprovação do seu plano “Mundo sem violência e extremismo”, acrescentou,“mesmo que os Estados-Membros, não tivessem compromissos politicos para com poderosos e blocos politicos, porem, têm obrigação inabalável com a ciência, tecnologia e o desenvolvimento de seus países, sendo a ciência e tecnologia causa de desenvolvimento de seus países e de outro lado trazendo uma plataforma estável e de longo prazo para tirar a violência e extremismo”.

“Pobreza e desemprego espalharam nos países sob um ordem político e econômico internacional ineficientes, favorecendo a expansão do extremismo e reduzindo o avanço em direção ao desenvolvimento sustentável global e criar sociedades baseadas no conhecimento, desfrutando a tendência para violência e dominação. Entretanto, as dimensões da ciência e tecnologia com todos os seus aspectos positivos, terará paz e segurança”, disse o Rouhani.

O Presidente, com ênfase em um dos dez princípios do Movimento que é promover os interesses e estabelecer  cooperação mútua, disse que os desenvolvimentos fundamentais nas últimas décadas, tornou-se evidente a revisão do papel e o futuro do Movimento visando a sua adaptação com a nessecidades do novo mundo,  e certamente as cooperações  científicas e tecnológicas para promover o desenvolvimento e a prosperidade dos Estados-Membros pode servir como a meta final do movimento, ou seja, o estabelecimento da paz e a harmonia e a igualdade entre as partes, incluindo pequenas e grandes.

Referindo-se aos exploração de campos comuns, independentemente das aspirações não-realistas, de cooperação científica e tecnológica disse: “a capacidade científica significativa dentro de Estados membros pode ser compartilhadas com outros membros. Claro, transformar esta capacidade a riqueza, de uma forma palpável na vida diária dos cidadãos, precisa de estabelecer um vínculo entre ciência, economia e indústrias de tal forma que aumente o emprego e o bem-estar das pessoas”.

O Presidente acrescentado: "Infelizmente, muito dos Estados membros, apesar de ter capacidade aceitável, carecendo a ligação entre a industris e ciência. sendo realizado isto, os custos da educação e formação de recursos humanos , se pode transformar em riquezas.

Rouhani com ênfase em ser "países industrializados usando este vácuo, atraindo forças científicas e profissionais dos países em desenvolvimento", disse:“quando nós como formadores de política nos países em desenvolvimento não formos capazes de corrigir a situação e encontrar a ligação entre ciência e indústria, a fuga de cérebros vai continuar.

“Um dos sinais da hegemonia e dominação moderno no mundo é a imposição da discriminação científica aos países, cujo acesso a ciência é um direito básico das pessoas, nações e os governos ou seja os cidadãos de qualquer país não deveriam ser privados , sob qualquer desculpas e prtextos de acesso ao conhecimento”, salientou o Presidente.

Rouhani reiterou: “a discriminação científica se tornou como um imponete instrumento a subdesenvolvimento, um ciclo de pobresa constante e o desmprego nos países em desenvolvimento, sendo necessário os países independentes  integrados enfrentar tal abordagem que não pertence à nossa era”..

Presidente referiu as sanções injustas contra o país e disse: “o povo do meu país durante os últimos 12 anos, simplesmente porque exigiu os seus direitos de alcançar o conhecimento e novas tecnologias de energia nuclear sofreu das mais severas e rigorosas sanções.

“Os executores de cruel sanções contra o programa nuclear iraniana e mostrando ele uma questão de segurança, reconhecem bem os objetivos do povo e do governo iraniano e hoje ninguem no mundo será capaz de afirmar que este programa não é pacifico, mas a questão colocada é porque a pressão irracional persiste?, frisou ele.

O Presidente disse que a resposta deve ser procurada na tentativa de Clube dos possuidores da ciência e tecnologia, no impedimento do acesso e entrado de outros nesse campo e a imposição a discriminação científica que se pode aplicar a quaisquer países em desenvolvimento.

 

Add comment


Security code
Refresh

Enlaces