Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
Friday, 23 October 2015 19:38

Armando Monteiro, Ministro de comercio Exterior do Brasil lidera missão comercial ao Irã

Armando Monteiro, Ministro de comercio Exterior do Brasil  lidera missão comercial ao Irã
O Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, lidera, entre os dias 26 e 28 de outubro, uma missão comercial ao Irã com o objetivo de discutir caminhos para a ampliação do comércio bilateral e oportunidades de investimentos recíprocos.

 

 

Brasilia- A comitiva brasileira contará com a participação do presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), David Barioni, e do vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Glauco Jose Côrte. Também compõem o grupo brasileiro representantes dos ministérios das Relações Exteriores (MRE), das Minas e Energia (MME), da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), além de representantes da Petrobras, do BNDES, de dez entidades setoriais e de 24 empresas. 

A missão empresarial ao Irã é promovida no contexto do acordo nuclear que permitirá o fim das sanções econômicas impostas pela Organização das Nações Unidas (ONU), abrindo novas oportunidades comerciais para o país. De acordo com o ministro Armando Monteiro, “com o fim das sanções, o Brasil tem que estar bem posicionado. A missão tem este sentido. O Irã é um país com grande potencial em vários setores - automotivo, farmacêutico, de alimentos e outros. É uma economia muito importante no Oriente Médio e com certeza podemos aumentar significativamente o intercâmbio comercial”.

O Irã é um dos 32 mercados prioritários identificados no Plano Nacional de Exportações para a atuação comercial brasileira. Ao longo da missão, o ministro Armando Monteiro deverá se encontrar com os ministros iranianos de Economia e Finanças, Ali Tayebnia, das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, do Petróleo, Bijan Namdar, e com o presidente da Câmara Iraniana de Comércio, Mohsen Jalalpour. 

Agenda empresarial

Na segunda-feira, 26, será realizado o Seminário de oportunidades Brasil-Irã, com a presença de cerca de 40 executivos brasileiros, entre associações e dirigentes empresariais.

Participam da missão representantes da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores  (Anfavea), Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia), Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir), Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (Abimo),  Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica e de Insumos Farmacêuticos (Abiquifi), Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec). Também participam da missão membros da Câmara de Comércio Brasil-Irã.

Intercâmbio Brasil-Irã

Em 2014, o Brasil exportou US$ 1,4 bilhão para o Irã e importou US$ 5 milhões. O Irã foi o 35º destino das exportações brasileiras e a 108ª origem das importações. No período, a pauta das exportações brasileiras ao Irã  foi composta majoritariamente de produtos básicos (89,9%), seguidos dos  semimanufaturados (9,1%) e dos manufaturados (1%). Principais produtos da pauta: milho em grãos (60,9%),carne bovina (19%), farelo de soja (7,1%), açúcar em bruto (6,7%), entre outros. 

Já as importações de produtos iranianos foi composta por 51,2% de básicos, 47,3% de manufaturados e 1,5% de semimanufaturados. Destaques: uvas (31,6%), polímeros plásticos (29%), e objetos de vidro para uso doméstico (7,6%). 

No ano de 2014, 98 empresas brasileiras realizaram exportações ao Irã e 55 empresas brasileiras importaram produtos do país do Oriente Médio. 

Add comment


Security code
Refresh

Enlaces