Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
quarta, 09 março 2016 09:10

Os brasileiros estão se mobilizando em favor de Dilma no Dia da Mulher

Os brasileiros estão se mobilizando em favor de Dilma no Dia da Mulher
Milhares de brasileiros aproveitaram desta terça-feira “Dia de Mulher” para mostrar seu apoio a sua presidente Dilma Rousseff e ex-presidente Lula da Silva.

Segundo os organizadores, foram mobilizados 10 mil pessoas, a maioria mulheres, que se reuniram na Avenida Paulista, no coração da capital São Paulo.

Durante a manifestação, podiam-se ver banners ou ouvir slogans em apoio de ambas os titulares e contra a violência de género e a favor de Dilma e Da Silva, este último investigado por suposta enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro.

"É um ato para as mulheres, mas é claro que são contra o golpe", disse o líder da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Rossana Fernandes, referindo-se às tentativas da oposição de realizar um impeachment contra Rousseff. Fernandes disse que as marchas de hoje servem para lutar pelos direitos das mulheres e também para a democracia no país sul-americano e, portanto, para "construir uma sociedade justa e equalização."

Os participantes na marcha marcam de "golpista" e "direitista" um dos oradores quando ela pediu uma "reforma" que tira do poder a chefa do Estado brasileiro, pois, se enfrentou com os gritos de simpatizantes Rousseff.

Na segunda-feira, a presidente brasileira acusou a oposição de provocar uma "crise política" no Brasil para promover seus próprios objetivos e conspirar para antecipar as eleições presidenciais de 2018.

Lula da Silva (2003-2010) tornou-se o centro das investigações de supostos enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro, a partir de construtores acusados de exagerar contratos com a Petrobras, para que a Polícia Federal o prendeu na sexta-feira para depor sobre o assunto, também registrou sua residência, a sede do instituto e casas de parentes e amigos.

Tanto Rousseff como Lula da Silva - do Partido dos Trabalhadores (PT) - têm repetidamente rejeitado as acusações da oposição de ter conhecimento da corrupção na Petrobras e tentativa de interferir nas investigações da "Operação Lava Jato" sobre a rede de propinas em estatais de petróleo.

Add comment


Security code
Refresh

Enlaces