Este Website está sendo descontinuado. Mudamos para Parstoday Portuguese
quinta, 22 outubro 2015 10:17

Venha conosco ao Irã -parte 30

Venha conosco ao Irã -parte 30
Neste artigo vamos conhecer as características industriais da província Isfahán.

 

A província de Isfahán, devido a suas características naturais e estratégicas, é um dos centros industriais do Irã. O siderúrgico de Isfahán atualmente produz 600 mil toneladas de aço por ano e é capaz de aumentá-la até 3.200.000 toneladas por ano. Além disso, na província de Isfahán encontram-se: o complexo de aço de Mobarake, fábricas de tecidos de fibra sintética, indústrias alimentares, farmacêuticas, de produtos higiênicos, têxteis, curtidurías, indústrias químicas, indústrias de mineração não metálicos, de madeira, indústrias automobilísticas, de electricidade e de eletrônica. A seguir, conheceremos as mais importantes indústrias de Isfahán.

A Siderúrgica de Isfahán, considerada como a primeira e a maior produtora de ferro no Irã estão localizadas a 45 km. Ao sudoeste de Isfahán e numa ampla região perto da cidade de Zarin Shar. A construção da própria fábrica começou em 1346 da hégira solar (1967) e o processo de produção de ferro fundido pôs-se em marcha em 1350 da hégira solar (1971). Um ano mais tarde, começou a produzir aço no complexo de Naward com uma capacidade de 550 mil toneladas.

O grande complexo siderúrgico de Isfahan durante quatro décadas tem registado, na produção, múltiplos recordes e experiências importantes. Está fabrica ainda está na fase de crescimento e estão em processo de construção diversos projetos.

Um dos sucessos mais importantes do país na produção de aço, para além de possuir a tecnologia e conhecimentos científicos é a existência de outros recursos com aproveitamento do gás natural na indústria da produção de aço. As experiências iranianas contribuíram fortemente em chegar à independência tecnológica, executiva e financeira em muitas industriais.

Cabe mencionar que, segundo o próximo plano de desenvolvimento siderúrgico de Isfahán, denominado Shahid Kazemi, a produção deste complexo industrial ia atingir a meta de cinco milhões de toneladas por ano.

Segundo previu-se, no ano de 2025, a produção de aço no Irã deve atingir a 11 milhões de toneladas por ano. Um dos objetivos nos próximos planos é gerar novos produtos na indústria pesada como linhas ferroviárias para abastecer as necessidades nacionais e também a exportação.

Atualmente, a fábrica de siderúrgica de Isfahán não só abastece as necessidades do mercado nacional, como também tem exportação de produtos de alta qualidade aos mercados internacionais e, assim, tem ocupado uma boa posição. Os produtos desta fábrica e suas empresas afiliadas exportam a mais de 23 países europeus, asiáticos e africanos e, como exemplo no mercado nacional, os seus produtos serviram na construção da torre de Milad, em Teerã; na usina nuclear de Busher, bem como para a construção das grandes barragens e no metro.

Outra importante centros industriais da província de Isfahán é o complexo de aço de Mobarake que se encontra a 75 km. ao sudoeste de Isfahán numa superfície de 35 Km2.

O complexo de aço Mobarake, apos a vitória da revolução islâmica do Irã, entrou em operação em 1993, e agora já tem uma produção de cinco milhões de toneladas por ano. Este complexo, por sua tecnologia e a qualidade de seus produtos é pioneiro em todo o Oriente Médio.

A qualidade dos produtos deste complexo deve-se aos esforços constantes dos seus trabalhadores. Seu sucesso em conseguir os padrões de qualidades internacionais motivou que durante os últimos anos possa exportar seus produtos a mais de 28 países na Europa, América do Norte, África, e os países do Golfo Pérsico.

É de salientar que os produtos de aço Mobarake servem para diferentes indústrias no país como automóveis, eletrodomésticas, indústria de tubagem, indústrias ligeiras e pesadas de metal, etc.

A província de Isfahán, além de contar com créditos económicos, uma rica civilização, paisagens naturais e um povo que ama a arte, também é importante devido à existência de minas e fontes subterrâneas.

Na província de Isfahán também se encontram em abundância minérios de chumbo, zinco, ouro, ferro, sílice, sulfato sódio, sódio, entre outros e jazidas de pedras ornamentais.

Uma das minas mais importantes de Isfahán é a mina de ouro de “Talaye Mute” a 185 km. ao norte de Isfahán, a qual tem 9 veias de ouro, das quais anualmente se extraem 150 mil toneladas deste metal que equivalem a uns 210 kg de barras de ouro.

Add comment


Security code
Refresh

Enlaces